CANAL GERA

Dez 2017 | Futuros Projetos

A GERA irá implantar cinco novos projetos de energia renovável em 2018 (solar, hidráulico e biogás). Iniciaremos também projetos de eficiência energética com clientes corporativos em São Paulo e no Rio de Janeiro.

 

Além desses projetos, a GERA está desenvolvendo outros 20 MW em fontes renováveis.

 

 

A Geração Distribuída (GD) significa geração de energia pelo próprio consumidor, seja em sua unidade ou remotamente.  A geração de energia em pequenas usinas próximas aos pontos de consumo representa uma economia na construção de linhas de transmissão.

 

Nos últimos anos houve um aprimoramento de tecnologias para projetos de menor porte (especialmente a solar) e a mudança na regulação permitindo a geração de energia própria por consumidores em diferentes fontes renováveis. Esse novo cenário trouxe a possibilidade de redução de custo aliada a alternativas sustentáveis para gerar energia. A regulação também passou a permitir o autoconsumo remoto, aprimorando o conceito de GD, pois permite que a geração seja em um local diferente do local de consumo, desde que dentro da mesma área de distribuição.  Um cliente que não possua telhado para gerar energia solar pode, por exemplo,  usufruir da energia de uma pequena central hidrelétrica de outro local, mas na mesma distribuidora.

 

Seguindo o conceito de autoconsumo remoto, a GERA foi responsável pela comercialização de energia da primeira usina de autoconsumo remoto do Rio de Janeiro (CGH Serra em Paracambi) na área de concessão da Light.  A GERA foi responsável por todas as atividades jurídicas, regulatórias e comerciais do bem-sucedido processo de migração do mercado livre para GD, trazendo energia renovável a custo menor para uma grande rede de varejo.

 

Com o sucesso desta operação a GERA assinou contratos de comercialização de energia no modelo GD para outras cinco usinas e está em processo de comercialização para outras usinas do Brasil.

 

 

Dez 2017 | Usinas Anzol e Bambu Iniciam Comissionamento

As Centrais de geração hidrelétricas (CGHs) Anzol e Bambu operaram de 1926 a 1945. A GERA adquiriu os projetos em dezembro de 2016, iniciou as obras civis em maio de 2017 e está comissionando suas máquinas, para entrada em operação comercial em Janeiro.

 

Cumprimos o prazo e o orçamento para nossos projetos piloto à risca. Toda a energia está contratada no longo prazo por clientes de primeira linha de porte regional e nacional, conforme o modelo de geração distribuída.

 

As duas CGHs somadas terão potência instalada de 2MW, com capacidade para atender a energia necessária de 10.000 casas, de acordo com o consumo brasileiro médio*, evitando a emissão de 3.609 toneladas de CO² equivalentes por ano.

 

*Fonte: EPE – Resenha Mensal 06/2017

Dez 2017 | Nasce a Gera Energia Brasil

A Gera Energia Brasil nasce em Novembro de 2016 refletindo o espírito empreendedor dos sócios, unindo anos de experiência no mercado de energia com o sonho de ajudar a construir um futuro sustentável. Nosso foco é desenvolver soluções de energia renovável e eficiência energética para clientes corporativos.

 

Um ano depois, contamos com um time de 14 profissionais e estamos na reta final da conclusão de nossos projetos piloto: as centrais hidrelétricas, CGHs Anzol e Bambu; com os seguintes valores:

Empreendedorismo

Sustentabilidade

Economia & Eficiência

Integridade

Empreendedorismo é:

 

acreditar em uma equipe de profissionais de alta qualidade em uma cultura meritocrática;

ter garra para implementar projetos com velocidade;

gerar soluções inovadoras de eficiência para nossos clientes;

alocar capital proprietário dos sócios para concretizar nossos projetos.

@2018

Gera Energia Brasil

Todos os direitos reservados

 

Rua Jardim Botânico 635, sala 804, CEP: 22470-050

Jardim Botânico, Rio de Janeiro, RJ

contato@geraeb.com.br

+55 21 2530 0591 | +55 21 2530 0767